NOS BASTIDORES

Ganhar a vida a ver o YouTube

Neverthink: Handpicked videos

Entretenimento

VER

A Neverthink: Handpicked video apresenta vídeos da internet em canais temáticos escolhidos a dedo por editores. É como uma televisão ambiente que deixas ligada enquanto cozinhas, arrumas a casa ou quando simplesmente não fazes ideia do que ver.

Para preencher esses canais, os editores da app Neverthink, com sede em Helsínquia, na Finlândia, passam o dia inteiro a ver vídeos do YouTube.

Noa Junno, de 18 anos, faz a seleção de vídeos para os canais Lifestyle, Creativity e Millenial AF. “Eu sempre gostei de ver muitos desses vídeos e agora faço isso todos os dias no meu trabalho!”, explica.

Os vídeos fofos do canal AWWW são selecionados por uma editora de 17 anos.

Junno vê centenas de vídeos por dia. “E isto é apenas no trabalho”, continua. “Depois de ver esses, ainda me sobra tempo para ver mais vídeos no meu tempo livre…”

Maija Mäkelä, de 16 anos, é a curadora de conteúdos mais nova da Neverthink. Ela trabalha remotamente a maior parte do tempo e poucas horas por dia, sendo a responsável pelos canais Learn Something e Making Stuff.

“Nem parece um trabalho”, diz. “Imagino que toda a gente faça uma pausa depois da escola para ver vídeos no YouTube, no Netflix ou em qualquer outro sítio. É basicamente isso que eu faço, só que pagam-me para tal.”

Claro que não são apenas adolescentes a fazer a seleção dos vídeos da Neverthink, mas a média de idades da equipa é muito baixa.

Então, segundo estes editores, quais são os ingredientes para um bom vídeo? Bem, têm de ser curtos, interessantes, surpreendentes e ter uma produção de qualidade, já que vídeos com a imagem tremida e com pouca qualidade não têm hipótese.

Sanni Leppä, de 17 anos, que trata do canal AWWW, é uma especialista em tudo o que é adorável. “Eu procuro vídeos de qualidade que tenham alguma música de fundo fofa”, conta‑nos.

“E também animais fofinhos que não sejam tão comuns. Os elefantes bebé e os pandas-vermelhos são os meus preferidos!”

A Neverthink quer reinventar a forma de escolher os canais para a geração YouTube.

Este trabalho é um sonho para a maioria dos adolescentes e quando os editores da Neverthink contam o que fazem no trabalho ninguém fica indiferente.

“Penso que as pessoas acham que é fixe e têm razão, é mesmo fixe”, diz Mäkelä.

“As reações vão desde ‘Como assim? Não pode ser’ até ‘Tens tanta sorte’. E, claro, acaba sempre com ‘Consegues arranjar‑me um emprego lá?’”, explica Leppä.

Por isso, da próxima vez que não souberes o que escolher com tantas opções de vídeos, já sabes o que fazer. Senta‑te, escolhe um canal e deixa que a Noa, a Sanni, a Maija e os seus colegas tratem do resto.

    Neverthink: Handpicked videos

    Entretenimento

    VER