JOGO
DO DIA

A Mortician's Tale

VER

Uma das primeiras coisas que fazes em A Mortician’s Tale é preparar um cadáver para um velório de caixão fechado. No papel de Charlie, uma agente funerária novata, terás de passar uma esponja pelo corpo para remover todas as manchas.

Esta simples tarefa rapidamente dá lugar a outras mais complexas, desde embalsamamentos a cremações, que são frequentemente usadas para preparar os defuntos para a sua viagem final. Massaja corpos em estado de rigor mortis antes de usares vários tubos e ferramentas para injetares fluídos de embalsamamento ou parte os restos de osso num cremulador.

Embora a temática seja macabra, os gráficos são alegres.

Mas A Mortician’s Tale é muito mais do que apenas uma série de minijogos mórbidos. Quando não está a preparar os mortos, Charlie troca emails com os seus colegas e amigos, conforta os enlutados durante os velórios e segue um constrangedor percurso, que começa como empregada numa empresa familiar e termina como empresária da morte.

Nestas interações, o jogo oferece um olhar intrigante sobre uma indústria que poucos conhecem. Aprenderás mais sobre as tradições fúnebres de diferentes culturas e os efeitos dos químicos de embalsamamento no ambiente. Descobrirás as diferentes maneiras que os enlutados encontram para exprimirem a sua mágoa e tentarás encontrar um equilíbrio delicado entre o respeito pelos desejos do defunto e as vontades da família. A Mortician’s Tale ilumina temas que são frequentemente considerados demasiado deprimentes para abordar.

Um jogo onde consolas famílias enlutadas? É surpreendentemente enternecedor.

Quer sintas uma enorme curiosidade sobre o que se passa nos bastidores de uma morgue ou te perguntes se os agentes funerários dizem mal do patrão como todos nós (sim, dizem), A Mortician’s Tale traz uma lufada de ar fresco ao negócio da morte.

    A Mortician's Tale

    Jogos

    VER